Nûby Dreambaby Adoleta Bebê

Digite abaixo e pressione Enter:

Hiperêmese gravídica

Você sabe o que é a hiperêmese gravídica? Esse problema ganhou mais atenção após mamães famosas que sofrem do problema falarem sobre ele nas redes. Hiperêmese gravídica afeta cerca de 2% das gestantes e é caracterizado por fortes enjoos e vômitos anormais que impedem a alimentação e afetam a vida cotidiana da mulher.

É importante ficar atenta para a diferença entre a hiperêmese e os enjoos comuns da gestação (chamado de emêse). Se impede a alimentação, interrompe a rotina e não permite ingerir nada sem que sinta-se enjoada ou vomite, isso pode ser um alerta e é importante conversar com o médico.

 

 

Os enjoos são muito fortes e podem comprometer o estado materno, pois impedem a gestante de se alimentar adequadamente. A má alimentação por causa da hiperêmese pode levar a um quadro de desidratação e causar problemas como hipotensão (queda da pressão arterial) e taquicardia, além de sensação de fraqueza, boca seca e emagrecimento. Normalmente esse problema não afeta o bebê, é raro isso acontecer, até porque o vômito em si não faz mal para o feto. Mas, se há desnutrição grave da mãe, pode resultar em baixo peso do bebê para a idade gestacional ou nascimento prematuro.

Felizmente, a crise de enjoos fortes costuma ir embora após as 20 semanas. Porém, há casos de mamães em que a hiperêmese dura mais tempo, o que torna a gestação bem mais difícil e desconfortável. É importante conversar com o médico sobre formas de manter a saúde e, principalmente, a hidratação ao máximo.

Ah, e nada de ter vergonha de pedir ajuda. A hiperêmese gravídica é angustiante e muito debilitante, não é frescura, então precisa de ajuda mesmo. ;)

 

Fonte: Revista Crescer; Baby Center

Voltar
Conheça nossas marcas:
Nûby
dreambaby
Adoleta
QUER SABER DAS NOVIDADES ANTES DE TODO MUNDO?
INFORME SEU E-MAIL AQUI ;)